40 Exemplos De Tecnologias Leves E Duras

Las tecnologias constituem o conjunto de saberes, técnicas e procedimentos que emergem da ciência e se configuram na busca da modificação positiva do meio que cerca as pessoas.

Como a técnica, a tecnologia encontra os métodos que otimizam o desempenho de uma tarefa e, portanto, dão origem ao melhorias na qualidade de vida humanaprocesso que vem ocorrendo fortemente desde a revolução industrial, mas com maior ênfase no final do século XX.

É comum que aqueles que não estão acostumados a se relacionar com processos de desenvolvimento tecnológico acreditem que o alcance do conceito se limita à criação de objetos inovadores: uma vez que não se entende o processo pelo qual a tecnologia avança, pensa-se em conformidade. técnicas da antiguidade pelas quais o trabalho físico e o esforço eram o motor do desenvolvimento.

Os conhecedores de tecnologia, por outro lado, optam por considerar nela todo o processo que envolve o desenvolvimento e a inovação., sendo dela um somatório de áreas que a priori não são fáceis de imaginar. Para isso, é realizada a subdivisão entre tecnologias leves e duras.

40 Exemplos De Tecnologias Leves E Duras

Tecnologias duras

Chamam-se tecnologias duras àqueles que mais correspondem à imagem que a maioria das pessoas tem da tecnologia: são aqueles que transformam materiais para produzir ou construir novos objetos e materiais. Por exemplo: impressora, bússola, telégrafo.

Todos os produtos físicos que são desenvolvidos nas grandes empresas do mundo para facilitar as tarefas de seus usuários constituem tecnologias duras, e dentro delas há muitas formas de se destacar: o tamanho, as características físicas, a atratividade e a funcionalidade com respeito ao seu uso, que pode ser para fins domésticos, recreativos ou industriais.

Pode interessar-lhe:  25 Exemplos De Transformações Temporárias E Permanentes

O uso de ferramentas e máquinas costuma estar envolvido em sua produção, que em muitos casos é serial e automatizada: as ações físicas sobre a matéria são realizadas por máquinas, que por sua vez constituem tecnologia dura de outra época. Quando se trata de computação, as tecnologias duras são englobadas por tudo o que é considerado ‘hardware’.

Exemplos de tecnologias duras

  1. Impressora
  2. Carro
  3. Planta de purificação de água
  4. Rádio FM
  5. Estrada de ferro
  6. Televisão
  7. Avião de guerra
  8. Imprensa moderna
  9. Moinhos de Vento
  10. Bússola
  11. Notebook
  12. Barco a vapor
  13. Mecanização das indústrias têxteis
  14. GPS con satélite localizador
  15. Pistola 9mm
  16. Detector de fogo
  17. Lâmpada incandescente
  18. Telefone celular
  19. Tela de led.
  20. Telégrafo

Tecnologias leves

Las tecnologias leves por sua vez, são os que mais são ignorados nas discussões sobre o problema tecnológico da empresa: são associados para seu funcionamento e cumprimento de suas funções. Por exemplo: ferramentas de contabilidade, logística de produção, tarefas de ensino.

A organização e gestão da empresa são realizadas no âmbito de um processo que, embora não seja tecnológico em termos de tecnologias duras, implica uma série de processos otimizados no mesmo sentido que em tecnologia.

Assim como as tecnologias duras utilizam ciências consideradas duras (como física, química ou engenharia), nas tecnologias leves o que se utiliza são as ciências leves, aquelas mais ligadas às relações humanas (economia, sociologia ou psicologia).

Em todo caso, também existem tecnologias leves que constituem procedimentos tecnológicos em sua totalidade, com a única característica de não serem tangíveis: é o que ocorre no caso da informática, com todos os programas que constituem software. Alguns exemplos de tecnologias leves serão listados abaixo.

Pode interessar-lhe:  50 Exemplos De Siglas De Computador

Exemplos de tecnologias leves

  1. Software para operações matemáticas básicas.
  2. Procedimentos de comercialização.
  3. Ferramentas econômicas para fazer projeções.
  4. Software para comunicação rápida entre departamentos.
  5. Ferramentas de contabilidade.
  6. Ferramentas estatísticas de software.
  7. Software para saber permanentemente o status de uma remessa de uma empresa para um indivíduo.
  8. Ferramentas organizacionais.
  9. Logística da produção.
  10. Ensino de tarefas.
  11. Conexões Wi-Fi.
  12. Ferramentas de administração.
  13. Desenvolvimento de software para organizações sem fins lucrativos.
  14. Dias de treino.
  15. Educar os chefes sobre como lidar com seus subordinados.
  16. Administração e motivação de recursos humanos.
  17. Psicologia das relações pessoais na empresa.
  18. Os processos microeconómicos de determinação de preços e quantidades.
  19. Procedimentos de controle de gestão
  20. Software de mercado de ações para o departamento financeiro.