30 Exemplos De Antítese

o antítese É uma figura retórica que pretende expressar uma oposição entre dois termos ou conceitos. Seu objetivo é destacar uma ideia mencionando seu contraste. Por exemplo: O amor é tão curto e o esquecimento é tão longo (Pablo Neruda).

O termo é de origem grega e é formado pelo prefixo anti-que significa “contrário” ou “oposto”, e teseque significa “opinião” ou “posição”.

Essa figura retórica é amplamente utilizada na poesia, mas também pode ser encontrada na filosofia ou em outras áreas do conhecimento humano para estabelecer relações de oposição entre pontos de vista, proposições, julgamentos, ideias ou teses.

Por outro lado, a antítese também pode ser encontrada na fala cotidiana, pois é um recurso muito produtivo. Por exemplo: Que infelicidade te encontrar.

O fato de relacionar dois conceitos que se opõem vincula a antítese a outras figuras retóricas como o oxímoro e o paradoxo, com os quais não deve ser confundida.

Índice de Conteúdos

Exemplos de antítese

  1. “O amor é tão curto e o esquecimento é tão longo.” (Pablo Neruda)
  2. “Quando quero chorar, não choro / e às vezes choro sem querer”. (Ruben Dario)
  3. “Este amor mais profundo que o mar pode alcançar o céu e continuar.” (Ricardo Montaner).
  4. “Você é como a rosa de Alexandria, que abre à noite e fecha durante o dia.” (Anônimo)
  5. Grandes pessoas são reconhecidas nos pequenos detalhes.
  6. “Meninos vão por terra / e meninas por ar.” (Juan Agustín Goytisolo)
  7. Você tem que olhar para a rosa por sua beleza e seus espinhos também.
  8. “Não temos mais o que procurar; O coração está farto, o mundo está vazio. (Novalis)
  9. Quanto mais a penalidade cresce, mais o coração encolhe.
  10. “Eu tento te esquecer e sem querer, eu me lembro de você.” (Armando Castelo)
  11. O homem veio do inferno e apareceu no céu.
  12. “Dê-me a liberdade ou dê-me a morte.” (Patrick Henrique)
  13. “Entre espinhos / finas rosas costumam nascer / e belas flores entre cardos, / e em vasos de lavradores / cravos perfumados.” (Cristóvão de Castillejo)
  14. Às vezes ela chora de alegria, às vezes ela ri de dor.
  15. “Eu observo quando você dorme; Eu choro quando você canta; Eu desmaio de tanto jejuar quando você é preguiçoso e desanimado de tanto estar farto.” (Miguel de Cervantes Saavedra)
  16. “Ontem foi um sonho, amanhã será terra: / pouco antes do nada, e pouco depois do fumo” (Francisco de Quevedo)
  17. A morte é tão fácil, e a vida é tão difícil.
  18. “Minhas armadilhas são armas, / meu descanso, luta / minha cama, as pedras duras / meu sono, vigiar sempre.” (Anônimo)
  19. Quanto mais rápido você correr, mais lento você ficará.
  20. “Uma resposta suave aplaca a raiva, mas uma palavra dura faz crescer a fúria.” (Provérbio)
  21. A chuva molha a rua mas seca-me a alma.
  22. Antes do vício de pedir, existe a virtude de não dar.
  23. “Quanto mais alto cheguei / desta lança tão erguida, / mais baixo e rendido / e abatido me encontrei” (San Juan de la Cruz)
  24. Você deve escolher entre viver como escravo ou morrer livre.
  25. “Sofremos muito pelo pouco que nos falta e desfrutamos pouco pelo muito que temos.” (William Shakespeare)
  26. Sua força é sua maior fraqueza.
  27. “Os meninos vão pela praia / e as meninas pela água.” (João Goytisolo)
  28. “Nem sei quando é dia / nem quando é noite, / mas por causa de um passarinho / que cantou para mim na madrugada.” (Anônimo).
  29. O ódio que você sente por ela é produto do amor que sente por ele.
  30. “O fogo é a água, o zéfiro pesado, / as serpentes as flores, a areia do prado.” (Lope de Vega)
Pode interessar-lhe:  50 Exemplos De Apócope