20 Exemplos De Automação Residencial

o automação residencial Refere-se às tecnologias orientadas para o controlo e automação inteligente da casa, utilizando a energia de forma eficiente mas também otimizando os tempos e a qualidade de vida dos seus habitantes. Por exemplo: controlo de iluminação, alarmes de intrusão, rega de jardim.

A automação residencial sintetiza o que é frequentemente chamado de ‘a casa inteligente’ associando-o a práticas impossíveis, dignas de um filme de ficção científica.

Na verdade, o automação das casas pode ser simplesmente a integração de diferentes tecnologias através do uso simultâneo de eletricidade, eletrônica, tecnologia da informação e telecomunicações.

A domótica permite contribuir soluções direcionadas a diferentes tipos de habitação, ajustáveis ​​à disponibilidade de dinheiro. Com ela, a organização da casa torna-se mais versátil, o local torna-se mais acolhedor de acordo com as condições ambientais, e possibilita-se o desenvolvimento das vertentes doméstica, profissional e de lazer num mesmo local.

  • Ele pode te ajudar: Padrões técnicos

Recursos de automação residencial

O sistema técnico pelo qual se consolidam as diferentes funções dentro da casa é composto por quatro variáveis ​​marcantes:

  • A integração de serviços na convergência de todas as estruturas;
  • Flexibilidade, como a capacidade de adicionar novas funcionalidades;
  • A reprogramação permitindo conforme as circunstâncias modificar o funcionamento de alguma atividade;
  • A compatibilidade dos formatos de informação, adaptando o sistema aos diferentes modos em que os sinais podem ser enviados. A interação entre os diferentes dispositivos pode ser realizada tanto por USB quanto por Bluetooth, enquanto as redes de dados geralmente são Wi-Fi.

Vantagens da automação residencial

automação residencial em casa inteligente

o principal vantagem da domótica é o contributo para a melhoria da qualidade de vida do utilizador. De facto, isto traduz-se numa poupança energética onde se reduzem ao mínimo os diferentes gastos com água, gás, iluminação ou ar condicionado, aproveitando horas de menor custo.

Pode interessar-lhe:  20 Exemplos De Periféricos Mistos

também são produzidos melhorias na acessibilidade, dada por facilitar o manuseio dos elementos domésticos, mesmo para pessoas com alguma dificuldade.

A domótica também é um avanço em termos de segurança através de processos de vigilância automática, e garante comunicações baseadas na monitorização e supervisão de dispositivos tecnológicos.

Exemplos de automação residencial

Sistemas deste tipo eles evoluíram ao longo dos anos, incorporando funções cada vez mais avançadas que permitem às pessoas se desprender de cada vez mais tarefas. Os sistemas X-10, HAL2000, DOMOLÓN e EIB são exemplos de domótica, que possuem diferentes funcionalidades consoante o caso.

A seguir, uma série de processos que podem ser integrados a partir da automação residencial:

  1. Controle de luz.
  2. Alarmes de intrusão.
  3. Controle do clima.
  4. Controle de persianas e toldos.
  5. Gestão do dinheiro e das contas bancárias do agregado familiar.
  6. Distribuição de imagens de vídeo captadas por câmeras.
  7. Consultoria em alimentação e dieta.
  8. Transmissão de voz e dados com redes locais.
  9. Abertura e fechamento de portas e janelas
  10. rega de jardim
  11. Alarmes técnicos de segurança.
  12. Ligar e desligar aparelhos
  13. Fornecimento de água e gás.
  14. Múltiplas negociações com a administração do Estado.
  15. Divirta-se com a sala de jogos ou home theater.
  16. Simulação de presença como ferramenta de segurança.
  17. Acesso a diferentes informações, como livros, jornais ou informações meteorológicas.
  18. Notificações automáticas antes da chegada de terceiros à casa.
  19. Automação de alguns dos eventos anteriores.
  20. Geração de programas preparados para horas em que não se está em casa, mesmo dias.
  • Continuar com: Ciências Aplicadas