10 Exemplos De Híbridos Literários

Los híbridos literários São textos que misturam dois ou mais gêneros literários, dois subgêneros literários ou um texto literário com outro tipo de texto, com outro tipo de arte ou com produções digitais. Por exemplo: A crônica literária é um híbrido literário porque pertence ao gênero da narrativa literária, mas se mistura a outro tipo de texto, o jornalístico.

Híbridos literários existem desde a antiguidade greco-romana, mas se desenvolveram com mais intensidade no século passado, especialmente a partir da vanguarda histórica.

O objetivo central de um híbrido literário é criar uma obra que ainda seja literária ou que retenha um pouco desse tipo de texto, mas que tenha elementos de outros gêneros.

Os híbridos literários podem ser:

  • Híbridos de gêneros literários
  • Híbridos de subgêneros literários
  • Híbridos de textos literários e outros tipos de texto
  • Híbridos de textos literários e outros tipos de arte
  • Híbridos de textos literários e produções digitais

Híbridos de gêneros literários

Os gêneros literários são um conjunto de categorias que estabelecem o conteúdo e a estrutura de uma obra. Existem três gêneros principais:

  • gênero narrativo. Uma história é contada da perspectiva de um narrador e geralmente é em prosa.
  • lírico. Sentimentos e pensamentos são expressos de uma perspectiva subjetiva e geralmente em verso.
  • Drama. São textos que foram escritos para serem representados e nos quais há um ou mais personagens envolvidos nos diálogos.

Um híbrido de gêneros literários é caracterizado pela mistura de dois ou três gêneros literários. Por exemplo: Uma Temporada no Inferno de Arthur Rimbaud é um texto que mescla elementos do gênero narrativo e poético, por se tratar de um romance escrito em forma de poesia e com procedimentos típicos desse gênero.

Híbridos de subgêneros literários

Os subgêneros literários são as diferentes abordagens que cada um dos três grandes gêneros permite. Por exemplo, um texto do gênero narrativo pode pertencer ao subgênero fantástico, realista, ficção científica, terror, maravilhoso, entre outros. Um texto de gênero lírico pode pertencer ao subgênero de épico, soneto, etc. E um texto de gênero dramático pode pertencer ao subgênero da tragédia, comédia, tragicomédia, etc.

Pode interessar-lhe:  Exemplos De Narrador Em Primeira Pessoa

Cada um desses gêneros tem regras e características quanto ao conteúdo, forma e tema.

Híbridos de subgênero literário são aqueles que misturam dois ou mais subgêneros. Por exemplo: Alguns romances do escritor César Aira começam como realistas, mas mudam repentinamente para o gênero fantástico.

Híbridos de textos literários e outros tipos de textos

Textos literários podem ser misturados com outros tipos de texto. Algumas dessas combinações são:

  • crônicas literárias. O gênero narrativo, principalmente o romance ou conto, se confunde com o texto jornalístico. Por exemplo: um pequeno romance russode Emmanuel Carrere.
  • ensaios. O texto literário se confunde com o texto argumentativo, pois um tema é abordado a partir de uma determinada posição. Por exemplo: O escritor argentino e a tradiçãopor Jorge Luís Borges.
  • Diversos. São textos que foram escritos desde a Antiguidade greco-romana e neles se misturam diferentes tipos de textos, como autobiografias, recomendações, receitas, memórias, lendas, contos populares, fábulas e poesias. Em alguns casos, esses textos não seguem uma determinada ordem, mas os diferentes fragmentos são justapostos. Por exemplo: Solidões da vida e desilusões do mundopor Cristóbal Lozano.

Híbridos de textos literários e outros tipos de arte

Uma das facetas mais experimentais da literatura é aquela que mistura elementos da literatura com elementos de outras artes, como a pintura e a dança. Alguns desses híbridos são:

  • poemas sonoros. São poemas em que se misturam elementos da poesia e da música. As palavras são usadas, mas não são escolhidas pelo seu significado, mas pelo seu som. Por exemplo: cozinhandode Jacobo Sureda. Neste poema, são usadas palavras inventadas que não têm significado em espanhol:

    aia Olá! / Tanódia a políma tal larela / Lirón tilón significa tasaí / Satila pola tasalón tinela / Yarádia nívea miniresolí. /Tubarão! Ei! Fuisiriá! /Venikirion room woolsavel? / Velsanalá sinila conolodia / Estrapatan niso pinidistel / Pavária ervilha tratipela.Haya Ei!!

  • Holopoesias. São textos poéticos que não são escritos, mas projetados com hologramas. Por exemplo: Holo/Olho de Eduardo Kac.
  • poesia visual. São poemas em que a imagem é o que prevalece ou a única coisa que aparece. Em alguns casos, apenas imagens aparecem. Por exemplo: os caligramas, por Guillaume Apollinaire.
  • pichação. São textos que se refletem em diferentes paredes da via pública. Por exemplo: Os textos satíricos que foram escritos nas paredes da Roma Antiga.

Híbridos de textos literários e produções digitais

Os híbridos formados por textos literários e produções digitais são geralmente romances, contos ou poesias que utilizam procedimentos vinculados ao digital. Esses textos são encontrados em sites ou plataformas digitais. Alguns são:

  • hiperficção. O leitor escolhe o que ler a seguir, pois após a leitura do primeiro fragmento ele escolhe entre duas ou mais opções (em links diferentes). Dependendo da escolha do leitor, a história será diferente. Por exemplo: Tardede Michael Joyce.
  • Hiperliteratura. É um texto literário digital que possui links para outros textos, imagens ou vídeos. Além disso, em alguns casos existem outras funções como a possibilidade de ordenar e organizar o texto. Por exemplo: Terra Extrativade Domenico Chiappe e Andreas Meier.
  • Literatrónica. São utilizados links que são sugestões de leitura e que são modificados à medida que o leitor lê. É um gênero semelhante à hiperficção, mas na literatrônica o texto é modificado de acordo com as escolhas feitas pelo leitor. Por exemplo: Condições extremasde Juan B. Gutierrez.
Pode interessar-lhe:  Exemplos De Narrador Em Segunda Pessoa

Exemplos de híbridos literários

  1. A novela Respiração artificial (de Ricardo Piglia) é um híbrido literário que mistura o romance com a teoria literária.
  2. O poema “A Margarita Debayle” (de Rubén Darío) é um híbrido literário em que o gênero poético se mistura com o narrativo.
  3. A novela Maria (de Jorge Isaacs) é um híbrido literário em que se misturam diferentes gêneros e subgêneros literários: romance, cartas, poemas e ensaios.
  4. A novela não será a terra (de Jorge Volpi) é um híbrido literário em que se misturam diferentes tipos de textos: o ensaio, a autobiografia, o romance ficcional e o folhetim.
  5. “Dyr bul shchyl” (de Kruchenykh) é um híbrido literário porque é uma poesia sonora, na qual as palavras não têm significado e apenas o som que elas produzem importa.
    Dyr bul shchyl
    ubeshshchur
    espuma
    vy so bu
    é sobre isso
  6. movimentos (de Henry Michaux) é um conjunto de poemas em que não há palavras, mas sim desenhos que representam movimentos.
  7. “Nunca um lance de dados abolirá o acaso” (de Stéphane Mallarmé) é um híbrido literário que combina poesia, desenho e sons.
  8. Diálogos de entretenimento suave (de Gaspar Lucas Hidalgo) é uma miscelânea em que anedotas, contos e lendas se combinam num diálogo entre personagens.
  9. o livro flutuante (de Leonardo Valencia e Eugenio Tisselli) é um romance de hiperficção no qual os leitores podem adicionar parágrafos à história enquanto leem.
  10. trincheiras Mequinenza (de Félix Remírez) é um romance de hiperliteratura em que aparecem links para imagens e textos.

  • Novelas
  • Histórias
  • poemas dadaístas
  • tipos de poesia
  • caligramas
  • tendências literárias